Textos Cristãos

Apenas caminhe. Prossiga. Apesar das lutas. Apesar dos medos. Ainda que doa e pareça impossível continuar em alguns trechos da caminhada. Há uma recompensa para a sua obediência, querido. Você certamente será aperfeiçoado no amor.

O segredo é olhar para a cruz, sempre. Lembrar o madeiro frio, os braços pregados, o sangue jorrando. O gosto amargo do vinagre. Amor, óleo e vinho. O sentimento de dever cumprido. “Está consumado”, disse Ele. Houve trevas. Os nomes balbuciados em seus lábios, os doze, os setenta, os milhões e milhares de perdidos. Ele sentiu compaixão. “Pra onde iremos?”, diziam. “Só Tu tens as palavras de vida, os gestos, os atos de amor que tocaram nosso coração”.

A cruz é o lugar no qual encontramos com o amor, relembrando nomes tão pungentes como misericórdia, graça e soberania. Ele também tinha escolhas importantes a fazer. Ser mais um na multidão? Ter uma vida “normal” de um bom judeu? Voltar a ser o esquecido carpinteiro de Nazaré?

Ele poderia ter escolhido um caminho mais fácil: fama, dinheiro, todos os reinos do mundo, ou pedras que se tornariam maravilhosos pães. Ele foi tentado, rejeitado e traído. Quem nunca? Mas Ele escolheu a cruz, permanecer no propósito e ser o primogênito de muitos irmãos.

Permanecer ainda é uma história de amor, a maior de todas, a mais bem contada e também a mais sofrida. Tem a ver com renúncias sim. Deixar para trás quem éramos antes de encontrar o Verdadeiro Amor… e por causa Dele, prosseguir.

Muitas são as dificuldades, muitos os atalhos, muitas as propostas tentadoras e a vontade de se render. Mas ao passo que abandonar tudo por apego às suas paixões e convicções é assumir que o egoísmo consumiu a sua fé, permanecer em meios às circunstâncias mais adversas é se render ao amor, como Ele amou. Baseados nesse estilo de vida, seremos conhecidos como seus discípulos.

Ancore o seu barco, meu querido. Nos dias maus, apenas permaneça. Nos dias bons, permaneça também. Encontre na presença Dele o leito do rio que jorra águas vivas, finque suas raízes e certamente as suas folhas não murcharão e você dará muitos frutos. E assim, também, saberão que somos Seus discípulos.

“Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós (…) permanecei no meu amor.” João 15:9

3 comentários em “Permanecendo no Amor

  1. Olha, vcs, tem um especial talento nas escritas; no conhecimento . Parabéns. estou encantada e feliz, por este privilégio.no poder ler, me deliciar nestas lindos contos.Deus abençoe.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s