IMG_7692.JPG
Foto: Daniel Vendrix

Há alguns anos, fiz uma cirurgia nos olhos para correção de miopia. Lembro-me do momento exato em que tudo ficou completamente preto, escuridão total. Uma sensação de pavor me invadiu, eu estava de olhos abertos, mas não enxergava exatamente nada, nada mesmo. Graças a Deus, essa sensação foi muito rápida e, assim que voltei a ver, mesmo que somente algumas imagens desfocadas, senti um alívio imenso.

Hoje, comecei a pensar metaforicamente sobre essa sensação. Em alguns momentos das nossas vidas, ao passarmos por dores imensas, medos, decepções e outras emoções desesperadoras, ficamos assim, como eu estive naquela cirurgia, de olhos abertos, mas sem enxergar nada à nossa frente ou à nossa volta.  Sem perspectiva, sem esperança, sem nada. Acredito que, quando só conseguimos olhar com nossos próprios olhos para as circunstâncias, não somos capazes de enxergar além dessa escuridão.

No entanto, eu também creio que ao caminharmos com Cristo, não ficamos perdidos por muito tempo. Ele sempre tem um toque acolhedor, nos toma pelas mãos, toca nossos olhos e, assim como aquele médico, restaura a nossa visão em um breve instante. E, de uma forma completamente inesperada, passamos a ver de um jeito diferente, vemos através dos olhos dEle. Somos restaurados e transformados por essa dor seguida de uma nova visão, sem miopia, hipermetropia, astigmatismo ou seja lá o que for.

Essa sensação está tão real em mim nesse momento, que quase posso tocá-la. Deus, através das palavras do Salmista nos garantiu:

“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. (…) Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.” Salmo 23.4-6

Passar por momentos doloridos me parece algo inevitável nessa vida, mas creio, de verdade, que sempre há bondade e misericórdia sobre nós. Creio que Jesus está disposto a abrir nossos olhos para nos dar uma nova perspectiva, um recomeço, com propósitos e sonhos muito maiores do que podemos sonhar ou imaginar. Creio que passamos pelo vale da sombra da morte acompanhados, somos consolados e saímos de lá mais fortes.

Fortes na fé, fortes por Ele, fortes para nós. Fortalecidos por uma nova visão da vida, de quem somos e de onde viemos.

Se você está passando por um momento assim, não desanime. Peça a Deus para abrir seus olhos e te dar uma nova visão. Ele sempre tem um propósito em tudo que faz, podemos não compreender logo de cara, mas se confiarmos nEle, seremos capazes de experimentar e ver sua boa, perfeita e agradável vontade se cumprindo em nós.

Ainda vou escrever um testemunho sobre as coisas que Deus está realizando em minha vida nos últimos meses. No momento, só posso dizer: acreditem, independente das circunstâncias difíceis, Deus é bom e restaura nossas perspectivas dia após dia.

Um abraço.

Ludimilla.

2 comentários em “Da escuridão à luz

    1. Ei, Mirelle! Fico muito feliz que o texto tenha te dado fé e esperança! Sempre escrevo com o anseio de ajudar as pessoas ao meu redor com as minhas vivências e com as coisas que Deus têm falado ao meu coração! Um grande abraço e obrigada pelo seu comentário. Ludimilla.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s